Pense nisso...

Pense nisso...

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

O que é Autismo?


O que é Autismo?
 Sinônimos: Transtorno de desenvolvimento pervasivo O autismo é um transtorno de desenvolvimento que aparece nos três primeiros anos de vida. O autismo afeta o desenvolvimento normal do cérebro relacionado às habilidades sociais e de comunicação.
 Causas
 O autismo é uma doença física vinculada à biologia e à química anormais no cérebro.
 As causas exatas dessas anomalias continuam desconhecidas, mas essa é uma área de pesquisa muito ativa. 
Provavelmente, há uma combinação de fatores que leva ao autismo. 
 Os fatores genéticos do autismo parecem ser importantes. 
Por exemplo, é muito mais provável que dois gêmeos idênticos tenham autismo do que gêmeos fraternos ou irmãos. 
Da mesma forma, as anomalias de linguagem são mais comuns em parentes de crianças com autismo. 
Anomalias cromossômicas e outros problemas do sistemas nervoso (neurológicos) também são mais comuns em famílias com autismo.
 Já houve suspeitas de várias outras causas possíveis para o autismo, mas nenhuma foi comprovada. 
Elas incluem: 
 Dieta Alterações no trato digestório Contaminação por mercúrio
 A incapacidade do corpo de utilizar vitaminas e minerais de forma adequada Sensibilidade a vacinas 
 Algumas pessoas acreditam que uma pequena quantidade de mercúrio (chamada de timerosal), que é um conservante comum em vacinas multidose, causa autismo ou TDAH. 
No entanto, as pesquisas 
NÃO indicam que esse risco seja verdadeiro.
O número exato de crianças com autismo é desconhecido. 
Um relatório publicado pelos Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos EUA sugere que o autismo e seus distúrbios relacionados são muito mais comuns do que se imaginava. 
Não está claro se isso se deve a um aumento na taxa da doença ou à maior capacidade de diagnóstico do problema. 
 O autismo afeta 3 a 4 vezes mais meninos do que meninas. 
Renda familiar, educação e estilo de vida parecem não influenciar no risco de autismo.
 Alguns médicos acreditam que a maior incidência de autismo se deve a novas definições do transtorno. 
O termo "autismo" agora inclui um espectro mais amplo de crianças. 
Por exemplo, hoje em dia, uma criança diagnosticada com autismo altamente funcional poderia ser simplesmente considerada estranha há 30 anos.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...